quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

COPA UNIMED VS 2017

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A COPA UNIMED VS 2017 -  ETAPAS RS DO CIRCUITO SULBRASILEIRO DE VERÃO
3ª e 4ª Etapa do Circuito serão realizadas em Novo Hamburgo





Novo Hamburgo/RS – Já estão abertas as inscrições para a disputa da Copa Unimed VS - 3ª e 4ª etapas do Circuito Sul Brasileiro de Verão de Tênis, que acontecem de 15 a 23 de janeiro, nas quadras da Sociedade Ginástica Novo Hamburgo. Por ser um torneio nacional, o prazo se encerra mais cedo, no dia 26 de dezembro. As inscrições devem ser feitas pelo site www.tenisintegrado.com.br .


Principal parceira da competição, a Unimed Vale do Sinos repete o patrocínio de outras edições com a expectativa de continuar incentivando iniciativas que promovam a saúde, o lazer, o esporte e a integração entre as pessoas. “A Unimed busca constantemente a prevenção de doenças através de atitudes saudáveis. Acreditamos que o esporte tem papel fundamental. Incentivar estes jovens à prática do tênis contribui muito para que se tornem adultos saudáveis”, ressalta Anelise Fraga Cornelius, coordenadora de Marketing e Sustentabilidade da empresa.

Ela lembra também a estrutura oferecida pela Sociedade Ginástica Novo Hamburgo para receber os participantes. “O clube conta com uma das melhores estruturas no Estado para realização de qualquer evento. Somos grandes parceiros da Ginástica e a realização da Copa Unimed VS neste local trará muitos benefícios para os atletas, familiares e público. Teremos a presença da equipe do SOS Unimed, oferecemos atendimento de urgência e emergência a todos os participantes, e ainda teremos distribuição de brindes”, acrescenta Anelise Cornelius.

Além de abrir a temporada 2017, o torneio ganha em importância por pontuar para o chamado G2 do ranking nacional nas categorias 11, 12, 14 e 16 anos, masculino e feminino. A competição também terá jogos válidos pelo Tennis Kids, nas idades de 8 a 11 anos, mas para estas categorias não haverá pontuação.

O evento é uma realização conjunta da Federação Gaúcha de Tênis, Federação Catarinense de Tênis e Federação Paranaense de Tênis, com a Supervisão da Confederação Brasileira de Tênis – CBT. A realização das etapas gaúchas fica por conta da Quadra Eventos, em parceria com a Associação Leopoldense de Esporte e Cultura (ALEC), com apoio da Água da Pedra e da Sociedade Ginástica Novo Hamburgo. A hospedagem oficial estará a cargo da rede de Hoteis Suarez, que oferecerá tarifas especiais no Hotel Express Executive, em Novo Hamburgo (51 3035-4040), e no Hotel Suarez de Campo Bom (51 3038-3030).

A Tretorn é a Bola Oficial da Federação Gaúcha de Tênis. Para mais informações, contatos podem ser feitos pelo e-mailanie@quadraeventos.com.br, pelo site www.quadraeventos.com.br ou pelo telefone (51) 98209-2675.
 
Em 11/2017
De Zotti – Assessoria de Imprensa
(51) 3592-8973
(51) 99976-8678 – whats
www.dezotti.com.br
Face: De Zotti Comunicações

Twitter: @imprensadezotti

domingo, 4 de dezembro de 2016

O que Podemos aprender com as Competições Esportivas

O que Podemos aprender com as Competições Esportivas

A vida é como uma competição esportiva, repleta de desafios diários, obstáculos a serem ultrapassados e lições a serem aprendidas através das vitórias e das derrotas. Os esportes transformam, de forma positiva, a vida das pessoas e transmitem grandes exemplos a serem seguidos:

Vontade de vencer
Ninguém entra em uma competição, obstinado a perder, claro que mais importantes do que a vitória são as experiências adquiridas, mas é fundamental manter pensamentos positivos, se esforçar ao máximo e dar o seu melhor para vencer as partidas da vida.

Superação
As competições exigem grande preparação, é preciso superar os limites a cada dia. É muito importante tentar hoje ser melhor do que ontem, aperfeiçoando suas habilidades e se dedicando a trabalhar os seus pontos de melhoria, realizando sempre um processo de evolução contínua.

Disciplina
Nenhum atleta pode ser um campeão se não estiver disposto a treinar, seguir uma alimentação saudável, ser pontual nos treinos e praticar os exercícios físicos necessários para aumentar sua performance. Se você quer vencer, precisa se dedicar, lutar diariamente, abrir mão de práticas que possam atrapalhar o seu crescimento. Se discipline, não perca o foco de seu objetivo.

Não subestime seus adversários
É muito importante manter o nível competitivo saudável, não se acomode, por mais que você esteja se saindo bem em sua profissão, é indispensável se aperfeiçoar para crescer a cada dia, pois, a todo momento, novas técnicas e métodos de trabalho surgem. Por isso, recicle seus conhecimentos para não ficar atrás de seus concorrentes. Tenha humildade, não considere que você está acima de todos e ninguém poderá superá-lo, se esforce para ser melhor do que você mesmo todos os dias.

Trabalho em equipe
Alguns esportes , como o futebol por exemplo, só podem ser realizados em equipe, pois cada membro do grupo tem o seu papel e todos, como deve ser em um time, se complementam. O mesmo ocorre no ambiente profissional, cada pessoa tem um talento e pode contribuir para o sucesso da equipe. Portanto, tenha consciência de que todos são importantes e devem cooperar um com os outros para garantirem resultados cada vez melhores.

Todas essas posturas de pensamento e comportamento extraídas da prática esportiva acrescentam muito à vida profissional. Seja colaborar no seu ambiente de trabalho, procure se desenvolver sempre, vença os desafios em equipe valorizando-se, sem menosprezar o trabalho de seus colegas e motive-se a cada dia para ser vitorioso em sua carreira.

Fonte: www.ibccoaching.com.br

Texto retirado do site: http://www.alexandrerosaneli.com/item/354-o-que-podemos-aprender-com-as-competicoes-esportivas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Banana Bowl em Caxias do Sul !




     O Banana Bowl é o mais tradicional torneio juvenil disputado no Brasil. Atualmente o evento faz parte da Gira Cosat e é disputado nas categorias 12 anos (nacional), 14 anos e 16 anos (Cosat), além do Tennis Kids (categorias 8, 9, 10 e 11 anos – nacional).
 
     Em 2015, a 45ª edição foi histórica ao ter pela primeira vez um bicampeão na chave masculina de simples, com o gaúcho Orlando Luz vencendo a final contra o paulista Igor Marcondes na categoria 18 anos. Foi o segundo ano consecutivo em que dois brasileiros decidiram o título masculino. Na chave feminina, a americana Usue Arconada foi campeã ao vencer a também americana Francesca Di Lorenzo. A categoria 16 anos teve como campeões o argentino Juan Martin Jalif na chave masculina e a chilena Fernanda Labraña na chave feminina. Já na categoria 14 anos, o campeão no masculino foi o brasileiro Mateus Alves e a campeã do feminino foi a russa Anfisa Danilchenko.

     No começo apenas jogavam sulamericanos mas, em 1976, apareciam os primeiros mexicanos e estadunidenses. Como o peso da competição ganhava força, vários tenistas que fariam sucesso começaram a participar, casos de John McEnroe, Ivan Lendl, Gabriela Sabatini e Gustavo Kuerten.

     O torneio tem em seu hall de campeões jogadores que se tornaram grandes nomes do tênis mundial como John McEnroe, Thomas Muster e Andy Roddick no masculino, Helena Sukova, Svetlana Kuznetsova e Eugenie Bouchard. Mas também teve em suas chaves vários tenistas que não tiveram grande participação e vieram a se tornar estrelas posteriormente, como Yannick Noah, Juan Martin Del Potro, Jo-Wilfried Tsonga, Marcelo Melo, Fabio Fognini, Kei Nishikori, David Goffin, Amelie Mauresmo, Marion Bartoli, Ana Ivanovic, Dominika Cibulkova, entre outros.

 


 Na foto, a esquerda: J. M. Del Potro

 
      Em 2016 o torneio internacional na su 47. edição,  será disputado em CAXIAS DO SUL, no Recreio da Juventude e provavelmente o Recreio Cruzeiro também sediará alguns jogos.

      Participar de eventos competitivos deste nível é de fundamental importância para o crescimento do esporte. Cresce o município, cresce o clube, crescem os atletas.

     Vamos prestigiar e participar ativamente. Muito obrigado CBT, FGTenis, RJ, RC e todos os envolvidos.







terça-feira, 29 de novembro de 2016

Bones Original de Modelo a Toda Terra

     Ola tenista,

     A Bones Original desenhou uma camisa especial para os tenistas Chimangos e Maragatos do Rio Grande.

     Abaixo segue modelo que, se efetivarmos um pedido de, no mínimo 100 peças, poderemos adquirir.

     O formulario para pedido foi encerrado. Mas temos um grupo no WHATAPP gerenciando isso. Qualquer necessidade ou dificuldade, solicite cadastro.

     Precisamos HOJE efetuar o deposito na conta abaixo para garantirmos a entrega ate o natal:

Favorecido: RAW Comercial de Vestuário Ltda.
Banco do Brasil.
Agência 3145-3
Conta 20847-7
CNPJ 17.196.624/0001-29

Qualquer duvida, retorne pelo whats 54.98402.0000 ou pelo face.



** Preenchendo o formulário, você se compromete com o pagamento do valor da seleção. Será enviado um boleto bancario, para o CPF do cadastro.

VALOR POR CAMISA: R$ 80,00  -  Comprando duas: R$ 150,00 (camisas adicionais R$80,00)



FRETE: R$ 30,00 para quem desejar receber em casa.

Caso desejar retirar com o Ronaldo Stuani, não será cobrado o frete.


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

ETAPA MASTER CTSG 2016

RECREIO CRUZEIRO

     Convidamos à todos a realizar inscrição para o MASTER que será realizado nos dias 02,03 e 04 de Dezembro 2016 no Recreio Cruzeiro em Caxias do Sul.

     INSCRIÇÃO LIVRE, porém apenas os 8 melhores colocados, entre os inscritos poderão participar. Inscrições até dia 27.11.2016



sábado, 19 de novembro de 2016

Clinica de Tênis - Costão do Santinho - Floripa

Ola pessoal. Após muito trabalho do Addo e do Fabio Lino, o Costão liberou uma tarifa diferenciada para o pessoal da serra gaúcha. Quem não definiu ainda as férias e desejar passar uma semana incrível de tênis no Costão em janeiro, mande mensagem direta que auxilio no pacote.

O cascata (ex pro), Silvio Souza (presidente da FPT), Fabio Lino (Full Sport), Addo (Costão) e staff estarão com uma programação bem legal, aliando muito tênis, palestras e diversão.


sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A ética e a moral do jogador de tênis.


     O jogar limpo (fair play) é uma condição primária para o desenvolvimento pessoal do jogador de tênis. Frequentemente vemos os melhores jogadores do mundo corrigindo os árbitros — fazendo simplesmente o que é correto e indo na contramão da ideia de vencer a todo custo (ao invés de se aproveitar de um equívoco da fiscalização, por exemplo) —, demonstrando um estado ímpar de maturidade crítica e emocional!



     O que o exemplo acima nos mostra é um valor muito importante, nos convidando a colocar temporariamente de lado as pulsões e os desejos para não ferir o regulamento do jogo e, neste caso, também para não romper um código ético entre os jogadores, segundo o qual é preciso respeitar-se mutuamente. Sendo o tênis um jogo de cavalheiros, isso não poderia ser ensinado de maneira diferente.

     No Tênis+ as condutas de comportamento são levadas muito a sério. Buscamos compreender que ser ético não diminui a sua vontade de vencer; que cumprir as regras e valorizar a honestidade são condições básicas para participar do jogo de tênis desde o nível mais elementar; e que não adotar uma boa conduta durante o jogo leva a um empobrecimento e até a um desmerecimento do resultado final — ganhar não é tudo e não é necessário fazer qualquer negócio para se dar bem. 

     Essas são lições fabulosas para os demais aspectos da convivência em sociedade e o tênis, como um palco de representação da própria vida, é um objeto de aprendizagem muito poderoso para desenvolver tais questões.

“Seja verdadeiro consigo mesmo, e, assim como a noite segue o dia, você nunca será falso com os outros”
William Shakespeare

Autor Denis Santos (editado)

Completo em: http://www.tenismais.com.br/etica-e-moral-do-jogador-de-tenis/

Pre-temporada 2017 - Marcelo Cascata - Floripa

     Deseja começar 2017 em alta performance !?

     O Cascata foi um PRO e já é muito conhecido pelo pessoal da serra que participa de clínicas de tênis. Ele possui um centro de treinamento em Floripa e lançou um pacote para tenistas que desejam aprimorar seu nível.

     IMPERDÍVEL !

     Vejam detalhes:




Qualquer dúvida, podem me chamar pelo whatsapp: 54 8402.0000

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Bones Original tomando conta da Serra Gaúcha.


http://www.bonesoriginal.com.br/

E aguardem por NOVIDADES EM BREVE !!!!!!

Quer ficar sabendo da novidade e comprar Bones Original EXCLUSIVO ?

Mande seu numero de telefone que adiciono ao grupo no WHATS_APP criado especialmente para apaixonados por Bones Original da Serra Gaúcha !

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Cerca de 250 tenistas disputam a Copa Thomás Engel

Cerca de 250 tenistas disputam a Copa Thomás Engel

15ª edição do torneio começa nesta quinta-feira em Novo Hamburgo


Novo Hamburgo (RS) – Cerca de 250 jogadores disputam a partir desta quinta-feira (20), em Novo Hamburgo, a 15ª Copa Thomás Engel de Tênis, nas quadras da Sociedade Ginástica e Sociedade Aliança. No primeiro dia de jogos, a programação divulgada pela Federação Gaúcha de Tênis (FGT) prevê a realização de 23 confrontos na Ginástica, a partir das 14h, e outras 11 partidas na Sociedade Aliança, com início às 17h. Na sexta-feira, a programação tem início às 13h nas duas sedes. A categoria 1ª Classe Masculina entra em quadra já na sexta-feira, na Ginástica, com a primeira rodada a partir das 18h. A premiação para o campeão será de R$ 1.200,00. No final de semana, os jogos começam às 9h. O ingresso é gratuito, bastando a prévia identificação junto à portaria dos clubes.

No sábado e domingo também será realizado um torneio de Beach Tennis, na Ginástica, nas categorias masculino e feminino duplas, A e B, e Misto duplas. Especificamente para esta competição, as inscrições custam R$ 100,00, sendo gratuitas para sócios dos dois clubes de Novo Hamburgo. Os contatos para este evento devem ser feitos pelo e-mail anie@quadraeventos.com.br ou pelo telefone 8209-2675. A Ginástica emprestará raquetes para aqueles que não possuem o equipamento. Fora das quadras, haverá um evento de Food Trucks, no sábado, com doces, comidas e chopp artesanal, entre 11h e 22h.  A programação completa e as chaves de todas as categorias podem ser conferidas no site da FGT.

Divulgação: De Zotti - Assessoria de Imprensa

Fonte: http://www.tenisintegrado.com.br/

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

10. Etapa do CTSG - SÃO MARCOS - RS

COPA SAINT CLAIR DE TÊNIS - AMSM

PREMIAÇÃO EM DINHEIRO PARA 1ª CLASSE

Inscrições Abertas

Inscreva-se

[ INSCRIÇÕES PARA O TORNEIO ]



Federer na inauguração da Academia de Nadal.


Federer na inauguração da Academia de Nadal: “Se os meus filhos quiserem jogar ténis, já sei onde é que o vão fazer”

     Roger Federer é o grande convidado de Rafael Nadal para a cerimónia de inauguração da Rafa Nadal Academy, que vai decorrendo na manhã desta quarta-feira em Maiorca, a cidade natal do tenista espanhol.

     Muito entusiasmado por fazer parte do evento, o tenista suíço começou por revelar que “no final do último ano, na Índia, falámos sobre o projeto e sabia que estavas a construir algo “em grande” na tua cidade e com a família e amigos, mas não sabia como ia ser e disse-te que, se quisesses, ficaria muito contente em fazer uma visita para te ajudar, porque à conversa com a Mirka pensei naquele que seria o meu maior desejo por parte do meu maior rival caso estivesse a abrir uma academia e seria que ele me telefonasse e se oferecesse para fazer uma visita.”

     À audiência, Federer revelou que Nadal se mostrou honrado mas não o quis incomodar, e que por isso “vários meses passaram sem ele me dizer nada. Quando nos encontrámos no Mónaco, já este ano, ele falou-me da dimensão do que estava a construir e eu disse-lhe que não queria mesmo perder a oportunidade. Em outubro ligou-me e fiquei super contente.”

     O tenista suíço de 35 anos, que tem o regresso à competição agendado para os primeiros dias de 2017, teceu largos elogios ao projeto, afirmando que “as crianças vão aprender imenso com este grande homem, que é um dos melhores jogadores de sempre” e garantindo que “se os meus filhos quiserem jogar ténis, já sei onde é que o vão fazer.”

     Pouco depois dos discursos de ambos, Rafael Nadal entregou a Roger Federer uma montagem com fotografias de momentos marcantes protagonizados por ambos:


Fonte: http://tenis-portugal.com

domingo, 16 de outubro de 2016

Os benefícios de jogar Tênis

Algumas dicas para você que está querendo praticar algum esporte: venha já para quadra!


Os benefícios de jogar Tênis

     Sem perceber, em apenas uma hora jogando tênis você queima cerca de 600 calorias, tornando-se tão eficaz quanto a corrida. O segredo do tênis é que ele exercita corpo e mente. Sem falar no aspecto tático, que mantém a mente sempre ocupada e proporciona um ótimo preparo físico, a meta de sempre alcançar a bola amarela torna o esporte complexo, cheio de recompensas e desafios ilimitados.

Alguns benefícios que você pode esperar do tênis:


Cardiovascular
Os movimentos rápidos aeróbicos do esporte provocam queima de gordura, aumentando o ritmo cardíaco e promovendo níveis de energia mais elevados. Um jogo de tênis pode durar de uma a duas horas, com intervalos que são ideais para melhorar a saúde cardiovascular, o que é essencial para diminuir o risco de doenças como ataques cardíacos e derrames.

Desenvolvimento muscular
Além dos benefícios para a saúde cardiovascular, o jogo também desenvolve as partes superiores e inferiores do corpo, (pernas e braços). A movimentação é lateral, para frente e para trás em diferentes velocidades, desenvolvendo assim os músculos das pernas.

Coordenação
Quanto mais você joga tênis, mais você desenvolve as habilidades de medir distâncias, coordenação pessoal e motora. O tênis trabalha seu equilíbrio, velocidade e coordenação através de uma variedade de técnicas e movimentos. Quanto mais você joga, melhores são os outros aspectos da sua vida.

Tática-Desenvolvimento do cérebro
Tênis é baseado em geometria física e pode ajudar a desenvolver o pensamento tático semelhante a um jogo de xadrez. Quando um jogador envolve atenção e pensamentos estratégicos para desenvolver os ataques, ajuda a gerar novas conexões no cérebro.

Autoestima
Em um estudo realizado na Universidade Southern Connecticut, foram testados os benefícios psicológicos de vários esportes e entre os não-atletas, jogadores de tênis pontuaram mais na autoestima, vigor e otimismo, e marcaram menos para fatores como confusão, tensão, ansiedade e depressão. Jogar tênis regularmente pode ajudar a mantê-lo motivado em sua trajetória profissional e superar os obstáculos que você pode encontrar na pessoal.

Outros esportes podem oferecer diferentes níveis de benefícios para a saúde, como a natação para as partes superiores do corpo, corrida para a força das pernas e futebol para o raciocínio tático e rápido, mas nenhum deles consegue combinar tanta eficiência em um só esporte como o tênis.

Ufa! Depois de tudo isso não tem como não começar! Lembrando que tênis não tem idade para começar e muito menos para parar: Todos para quadra.

Beijos a todos,
Andréa Vieira
ESPN
http://espnw.espn.uol.com.br/os-beneficios-de-jogar-tenis/

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Prepare o forehand "perfeito".





Observar a técnica dos profissionais pode ajudar a melhorar o seu forehand.

Fotos: Ron C. Angle/TPL

      O GOLPE do forehand é muito conhecido simplesmente como "direita". Contudo, isso só é verdade para os destros. Para os canhotos, o forehand é a esquerda. Como o nome em inglês diz, este é o golpe dado com a parte da frente da mão. Enquanto backhand seria a batida com as costas da mão.
O forehand é o golpe mais importante para 90% dos tenistas e a busca pela potência nesta batida gera, em muitos casos, particularidades técnicas que acabam resultando no oposto. Pode ser o tronco que gira antes da hora, o braço que "fecha" cedo demais ou o giro do quadril fora da centralização de força. Todos esses são aspectos que, embora envolvam esforço e desgaste, podem trazer resultado oposto ao desejado. Da mesma forma, outros aspectos geram "potência" com descontrole, como, por exemplo, o excesso de aceleração no braço e o movimento desuniforme do punho.
Apesar de todos sabermos que tênis não é uma ciência exata e não há apenas uma forma de se executar um bom golpe, se estudarmos os golpes dos melhores jogadores comprovaremos semelhanças em diversos pontos extremamente importantes como: apoio de pernas, preparação e terminação. Então, para ajudá-lo na busca pela "direita perfeita" vamos abordar alguns aspectos comuns presentes em alguns dos melhores forehands do mundo.

CORDA, BASTÃO OU CHICOTE?
Primeiramente, para exemplificar, vamos fazer uma comparação entre uma corda, um bastão e um chicote, buscando um movimento de aceleração e controle ideais. A corda, toda flexível, tem grande dificuldade de aceleração e controle, pois tem muitas variações em seus movimentos, dificultando também a repetição de um ponto de contato.
O bastão, por sua vez, não tem flexibilidade e precisa do princípio da aceleração e desaceleração totalmente dependente de espaço para atingir e perder velocidade. E, por fim, um chicote, que com a união de uma parte rígida com outra flexível, atinge alta velocidade com precisão e necessita de espaços menores, consequentemente tempo menor. Entendeu em que ponto queremos chegar? Ou seja, nada de braço atirado sobre a bola (sem controle, como uma corda) e tampouco braço duro com músculos rígidos (como um bastão). use o princípio do chicote em sua direita.
O braço é a parte rígida (que conduz) e o antebraço a flexível, para gerar potência e precisão. É claro que a velocidade do jogo muitas vezes obriga a realizar golpes totalmente sem técnica e de menor eficiência e precisão, por isso lembre-se: estamos falando do forehand em situações favoráveis, quando conseguimos chegar na bola com tranquilidade e parar para batê-lo. Vamos aos pontos relevantes na busca por um forehand potente e regular.
CONTROLE DE OLHOS
O aspecto controle dos olhos é mais importante do que se pensa. Na maioria dos casos, o tenista volta os olhos para a quadra ou para o alvo antes do golpe, por hábito ou ansiedade, e isso se torna uma constante desfavorável. Sendo assim, mantenha os olhos na bola e no local do ponto de contato. Olhe para onde a bola foi e não para onde ela irá (foto 1).

APOIO E PREPARAÇÃO
O melhor apoio na relação potência/controle é o semi-open stance ou apoio semi-aberto. Golpeie em semi-open entre os dois joelhos (foto 2). Não exagere na preparação. A raquete deve chegar até apontar o fundo da quadra e não ficar visível pelo outro lado do corpo. Com o princípio do chicote, o cabo da raquete vai apontar a bola, o punho fecha o ângulo com o braço (foto 3). O contato é feito à frente do corpo. Não traga o peito antes do braço, assim você atingirá potência e mais precisão. O peito gira, mas o braço se mantém à frente (foto 4).
Controle de forma uniforme o braço, antebraço e punho. O antebraço realiza a maior parte do trabalho. O braço fica como a haste fixa do chicote. O punho chega como se estivesse atrasado no movimento. Neste ponto, ele estará mais firme para o impacto com a bola do que se estivesse esticado com todo o braço (foto 5).
Não deixe o cotovelo subir acima do punho, esse movimento antecipará o golpe provocando erros principalmente na rede (foto 6). No ponto de contato, seu braço, como um todo - ou seja, braço e antebraço -, deve chegar em extensão. "Feche" o antebraço depois do contato. Para seu melhor golpe, alongue o movimento com o braço para a terminação.
Fechar o golpe com rotação interna do braço aumenta o giro da bola (spin/efeito), mas, lembre-se, quanto mais giro, menor potência.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

24. Andreola Tennis Cup

Andreola Tennis Cup - Kenpo Sports.

9ª Etapa do Circuito de Tênis da Serra Gaúcha aqui no Clube!

Inscrições até 02/10!

www.ctsg.com.br

15 razões para você começar a jogar tênis.

     Jogar tênis traz inúmeros benefícios para pessoas de todas as idades.

 Mulher jogando têenis


   O tênis é um esporte que praticado frequentemente, com equipamentos adequados e o acompanhamento de um profissional, traz diversos benefícios físicos, mentais e emocionais. 

     Conheça 15 vantagens que jogar tênis oferece e inspire-se a começar a jogar agora:

1) Nunca é tarde para começar: o esporte pode ser aprendido e praticado por pessoas de todas as idades.

2) Jogar tênis melhora o condicionamento físico de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.

3) O tênis trabalha e fortalece os músculos dos braços, pernas, abdome, ombros e costas de forma prazerosa.

4) A modalidade esportiva ajuda a perder peso. Em uma hora de jogo é possível queimar de 500 a 800 calorias dependendo do biotipo do jogador e da intensidade do jogo.

5) A bola, muitas vezes, pode ser disparada a mais de 200 km/h, o que faz com que o praticante aumente a agilidade, tempo de reação e o reflexo.

6) Desenvolve o senso de direção e a coordenação motora.

7) Numa partida é necessário pensar de forma estratégica no jogo. Por isso praticar o esporte contribui para aumentar a capacidade de concentração.

8) Jogar tênis libera endorfina e ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse.

9) O esporte melhora a capacidade cardiorrespiratória. Apesar das pausas, ele é bem intenso e o jogador alcança até 150 batimentos cardíacos por minuto. Ele ajuda a prevenir contra doenças cardíacas como derrames e ataques cardíacos.

10) Jogar tênis é uma boa opção para quem quer uma atividade física que tem uma função preventiva contra doenças como a hipertensão.

11) Desenvolve a flexibilidade por conta do constante alongamento ao executar de movimentos para rebater a bola para o adversário.

12) Uma partida pode durar mais de duas horas, onde são realizados diversos piques curtos, mas que demandam resistência e potência do jogador.

13) Por volta dos 30 anos a massa óssea atinge seu pico e passa a diminuir. Portanto a prática frequente de atividades físicas que trabalhem a força muscular, flexibilidade e coordenação, como o tênis, contribuem, ao longo do tempo para reduzir a taxa de perda de massa óssea.

14) O esporte não tem contato físico o que o torna uma modalidade com menos chance de lesões, frequentes em esportes como rugby ou futebol. Lembrando que é fundamental se alongar e aquecer, antes de entrar em quadra para evitar danos ao corpo.
 
15) A prática do esporte favorece a sociabilização e o início de novas amizades.

Fonte: movimentese.catracalivre.com.br

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

CTSG - Etapa Clube Juvenil - Caxias do Sul

Ola amigos tenistas,

Está disponível no site www.ctsg.com.br a programação dos jogos para a etapa do clube Juvenil.



Também, repasso link de vídeo feito pelo Gabriel, que explica como funcionará a divulgação dos horários nos finais de semana seguinte:



Bom torneio a todos !!!

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Os primórdios do tênis em Caxias.

    Surgido nos anos 1940, Caxias Tennis Club movimentava desportistas nas quadras de pó de tijolo localizadas no antigo terreno do Senai, no bairro Exposição

Os primórdios do tênis em Caxias Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami/Divulgação
Desportistas em meados da década de 1940, nas quadras de pó de tijolo localizadas no terreno onde hoje situa-se o Senai, na Rua Vereador Mário Pezzi, bairro Exposição Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / Divulgação

Há cerca de sete décadas, Caxias do Sul polarizava a atenção do Estado para a "salutar e elegante" prática do tênis. Entre os anos de 1940 e 1943, sob a presidência do General Jacintho Maria de Godoy, o Caxias Tennis Club congregava cerca de 60 desportistas, que movimentavam as quatro quadras de pó de tijolo localizadas no terreno onde hoje situa-se o Senai, na Rua Vereador Mário Pezzi, bairro Exposição. 
Conforme informações contidas na publicação História de Caxias do Sul - 4º Tomo, de João Spadari Adami, lançado em 1966, a moderna e confortável sede era cenário não apenas para os jogos, mas para badaladas festas e confraternizações entre os tenistas e associados. Eles movimentavam as quadras não só aos finais de semana e feriados, mas praticamente todos os dias semana.
Naqueles tempos eram membros do Caxias Tennis Club nomes como Lady De Carli, Julio Ungaretti, Dionísio De Carli, Garibaldi Atti, Beno Plenz e Raimundo Hubner. Já a ala feminina era composta por Norma De Carli, Helena Godoy, Neda Ungaretti, Lilinha Pezzi, Roma Fracasso, Inedia D'Andrea, Julia Cantergiani, Helena Caravantes, Rosália Donatelli, Solange Guimarães, Mariuccia Pezzi, Ernestina Cavalcanti Viana, Edith Pezzi, Elsa Fasoli, Olga De Carli, Clélia Andreazza De Carli, Ilda Pezzi e Ada Marcucci Zanelatto.

As fotos

Nas imagens deste post alguns momentos do Caxias Tennis Club no início dos anos 1940, com vários dos praticantes citados acima. As fotografias foram cedidas pelo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, mas carecem de identificação completa.
A ala feminina do clube em uma das quadras, em meados dos anos 1940 Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / Divulgação
O Caxias Tennis Club congregava cerca de 60 desportistas na década de 1940 Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / Divulgação
Os jogadores movimentavam as quadras não só aos finais de semana e feriados, mas praticamente todos os dias semana Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / Divulgação

A sede do clube era cenário não apenas para os jogos, mas para badaladas festas e confraternizações entre os tenistas e associados Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami 
Dirigentes

Entre os presidentes e grandes incentivadores da prática na cidade figuraram, além do general Jacintho Maria de Godoy, o engenheiro Ely Mascia e o desportista polonês Leon Jucewicz, ex-campeão olímpico de patinação e atuante como professor de tênis do Estado desde o final dos anos 1930. 

A Taça Eberle

No início dos anos 1940, o Caxias Tennis Club, em parceria com a Metalúrgica Abramo Eberle, instituiu a  lendária Taça Eberle, oferecida pela Maesa aos vencedores dos jogos disputados por tenistas de 23 cidades do Rio Grande do Sul.

A final deu-se entre o ex-campeão brasileiro Álvaro Osório, representante de Pelotas, e Bruno Schuetz, de Porto Alegre. Schuetz sagrou-se campeão e levou a taça para o Tenis Clube Moinhos de Vento, na Capital, onde o troféu permaneceu por anos.

Na foto abaixo, o diretor da metalúrgica, Júlio João Eberle  (E), e o engenheiro e ex-presidente do Caxias Tennis Club, Ely Mascia, posam com a lendária taça de 1,80m confeccionada na Maesa.
Júlio João Eberle, e o engenheiro e ex-presidente do Caxias Tennis Club, Ely Mascia, posam com a lendária taça de 1,80m confeccionada na Maesa Foto: Studio Geremia / Reprodução do livro História de Caxias do Sul - 4º Tomo,de João Spadari Adami,de 1966
Júlio Eberle (de óculos, ao lado da taça) em meados dos anos 1940, quando a empresa patrocinou o torneio de tênis Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
 
 
Fonte: Jornal Pioneiro

Rodrigo Lopes
Rodrigo Lopes